domingo, 22 de junho de 2008

QUE CADERNO!


Promovendo uma intensa ruptura com os modelos artísticos vigentes, Oswald de Andrade se firma em nossa história como agitador cultural, pensador e escritor à frente de seu tempo, capaz de sintetizar as contradições da modernidade brasileira. O seu livro de poesias Primeiro caderno do aluno de poesia Oswald de Andrade (1927) se apresenta como se fosse efetivamente um caderno de poesias de um jovem estudante.



Leia mais...

Exercícios...

2 pitacos:

Julia Moreno V2 disse...

Ahá!
Demorei, mas imprimi o exercício!

Raoni Huapaya disse...

ufa! júlia, não dá nem pra acreditar...
bjos,
rao